Como um aplicativo pode fazer você conseguir mais clientes

Cada vez mais, as estratégias de marketing são direcionadas a um público específico que se deseja alcançar, trazendo assim, um maior número de clientes após essas campanhas, mas ela já não se faz auto-suficiente, principalmente quando se leva em consideração a experiência personalizada entre cliente/empresa. Essa experiência em que um aplicativo exclusivo traz na interação é uma ótima vertente para que o negócio decole, pois o relacionamento com o cliente e a valorização da marca agregam valores inestimáveis nos dias atuais.

Na Era da Informação é cada vez mais comum que as pessoas adentrem mais rapidamente nesse mundo de tecnologia, são computadores, smartphones, tablets, entre outras coisas que deixam o indivíduo cada vez mais tempo conectado com o mundo online. Esses aparelhos já se tornaram parte da vestimenta de alguns, onde não é exagero aplicar a metáfora que “é como se tivesse saído de casa pelado” em caso de esquecimento de alguns desses aparelhos.

Números mobile no Brasil


Cerca de 125 milhões de pessoas com idade a partir de 10 anos têm celular, uma penetração de 71% em relação ao total de pessoas desta faixa. Deste total, 91,6 milhões já têm acesso à internet pelo celular, o que corresponde a 52% dessa população com a possibilidade de navegar pelo aparelho.*

Os números de acesso a internet por mobile são estarrecedores, principalmente porque cada vez mais cedo as novas gerações entram nesse mundo conectado, onde tudo é muito instantâneo, sejam informações, musicas, videos, etc. Tudo está na palma da mão. E se a poucos anos atrás a máxima que os grandes especialistas davam era de que se “sua empresa não estivesse na internet, não sobreviveria” essa afirmação a cada dia que se passa inclina-se para os aplicativos de celulares.

Os seus clientes estão nos celulares


Esses exemplos são vistos no nosso dia-a-dia, e até acontece com a maioria de nós, está desconectado significa estar excluído do mundo, da sociedade, e ninguém gosta de se sentir excluído, isso é um fato.

Além de toda essa acessibilidade, todos esses usuários são consumidores, independente de sexo, idade, classe social, gostos particulares, todos consomem algo, dando assim, um mercado gigantesco para que seu produto seja conhecido e adquirido. E como tudo isso está bem a mão faz com que os empreendedores que perceberem esse fato, saiam na frente de seus concorrentes ao criar plataformas para mobile. A facilidade de interação entre consumidor/empresa no caso de aplicativos exclusivos podem ser otimizadas para algo que vai muito além de email e respostas em redes sociais, causando assim, uma taxa maior de fidelização de clientes.

A quantidade de benefícios a ser explorado pelas empresas que estão iniciando nesse mercado antes da onda é enorme, desde controle geral de sua empresa, a crescimento de clientes por meio desse canal direto, promoções bem direcionadas, e mais inúmeras possibilidades que se possa imaginar. Por mais que não seja algo tão usado ainda no Brasil, as pessoas usam apenas o próprio smartphone para fazer pagamento, logo, basta imaginar o quanto se pode alcançar imergindo nesse mercado. O consumidor moderno é exigente, e sites responsivos (adaptáveis a tela), já é enxergado como algo normal, não sendo mais considerado um diferencial para uma boa interação.

O aumento da taxa de conversão é bem maior para empresas que possuem seu próprio aplicativo mobile (incluindo marketplaces), e a possibilidade de facilitar ainda mais o pagamento com o próprio celular, como no caso do Apple Pay.

Falar de dados e termos técnicos é importante, porém nada como apresentar cases de sucesso para fundamentar essas informações, e na prática de quem já vivenciou essa experiência ilustrar as infinitas possibilidades que esse nicho oferece a quem se insere nele. Usaremos duas empresas que usaram os aplicativos de mobile para divulgar seus produtos e como conseguiram alcançar um maior número de clientes. Claro que os cases apresentados serão de organizações com um valor aquisitivo relevante, mas isso não impede que com boas ideias e ousadia o pequeno varejista embarque nesse mercado e obtenha sucesso.

1- SuperPrix*
A SuperPrix é uma rede de supermercados que em 2013 decidiu entrar no mercado digital, só que em busca de uma entrada com estratégia de marketing diferenciada, de maneira que fosse encontrado em uma plataforma inovadora e mais próxima a seu cliente.
A solução encontrada pela empresa, foi em uma parceria com a Infoglobo, no qual patrocinou o aplicativo do Jornal Extra e na seção Super Dicas do site móvel. O objetivo com a criação do aplicativo era incluir a marca no mundo digital e com isso atingir o público de uma outra forma, abrindo possibilidades no aumento da audiência e recall da marca. Já a seção Super Dicas foi uma proposta de branded content(conteúdo da marca) para aumentar a relevância da marca,
sem mencionar diretamente o nome da empresa, conquistando os usuários por meio da promoção de conteúdo de valor e utilidade para as pessoas. Neste espaço são veiculados banners da SuperPrix, vinculando a marca a informações relevantes.

Resultados
A estratégia adotada com foco em mobile no projeto digital do Infoglobo para a rede de supermercado Super Prix vem se mostrando eficiente, com resultados expressivos para a marca. Ao longo dos últimos seis meses, a marca SuperPrix impactou um total de 7 milhões de usuários únicos nas plataformas web, mobile e app da Infoglobo, atingindo usuários dos jornais O Globo e Extra. Os banners veículos na seção Super Dicas geraram 14 milhões de impressões de mídia livre e mais de 13 mil cliques no período entre setembro de 2014 e fevereiro de 2015. O app de compras do Extra já conta com quase 25 mil downloads e somente em fevereiro de 2015 foram criadas 1.668 listas de compras por meio do aplicativo.
As campanhas de mídia para a SuperPrix dentro do aplicativo também proporcionaram ótimo retorno, de aproximadamente 20 mil impressões dos formatos splash e fullbanner na capa e páginas internas do aplicativo, entre setembro de 2014 e fevereiro de 2015. Além dos recursos de mídia, de 10 em 10 dias há a atualização das ofertas no SuperPrix no app e a disponibilização do mapa geolocalizado com todas as lojas.

2-Amopé*

O desafio da campanha era lançar no mercado brasileiro a marca Amopé (do grupo Reckitt Benckiser), especializada no cuidado das pernas e dos pés por meio de uma campanha mobile. O objetivo era atingir o público-alvo por meio de geolocalização, segmentando, assim, um nicho de mulheres com mais de 25 anos, preocupadas com saúde, bem-estar e beleza, e que costumam frequentar regularmente farmácias e mercados.
Para atingir o objetivo, a campanha contou com diversas estratégias de segmentação para atingir o público-alvo de mulheres com mais de 25 anos da classe AB, preocupadas com saúde, bem-estar e beleza, e que costumam frequentar regularmente farmácias e mercados. Outra solução desenvolvida foi o uso de geolocalização. No total, foram mapeados 600 pontos de interesse entre farmácias e supermercados.

Resultados
No total, a campanha atingiu mais de 15 milhões de impressões em todo o Brasil, mais de 250 mil clicks, um CTR médio de 1,62% e taxa de cliques quatro vezes maior do que a média do digital. A campanha também contribuiu em termos de receita, sendo 26% do total de vendas ocorrendo no ambiente mobile.

A partir do momento em que se enxerga do ponto de vista de quem arriscou nesse novo mercado e alcançou o tão almejado sucesso, permite o nosso cérebro a expandir seus ambientes, e começar a enxergar com outros olhos essa nova possibilidade, que traz consigo uma infinidade de novos horizontes a serem alcançados nesse mercado digital, que no Brasil ainda engatinha, mas que no mundo já se pode colocar como bem consolidado.

Essa percepção de novos fluxos tecnológicos é o que nós, influenciadores e empreendedores tentamos buscar a cada dia em nossa área, pois a adaptação ao universo digital e as novas tendências é vital para atingir nossos objetivos e manter-nos vivos no mercado, na busca diária de tornar-se um referencial de sucesso. Isso indica que necessitamos correr atrás das novidades antes que elas passem e nós fiquemos atrasados. Diante todas essas possibilidades e tantas outras possíveis que agora ficou fácil afirmar sem dúvida nenhuma que um aplicativo pode fazer você conquistar muito mais clientes.

*FONTE: Livro mobile – IAB BRASIL

One thought on “Como um aplicativo pode fazer você conseguir mais clientes

  1. Pingback: A importância da manutenção do aplicativo mobile | Agência Trevo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *